SREC e Microsoft Portugal celebram protocolo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 17 Dezembro 2009 11:27

logo_srec_pequeno

A Secretaria Regional de Educação e Cultura (SREC) da Região Autónoma da Madeira e a Microsoft Portugal assinaram recentemente o Acordo Education Alliance.

O protocolo visa estruturar um trabalho de colaboração que combina vários eixos, tais como o conhecimento, experiência e recursos, com o objectivo de atingir o sucesso educativo.
 
O Acordo Education Alliance assenta em três objectivos estratégicos:

1. Transformar a Educação: A tecnologia tem o potencial de fortalecer o ensino e de dar aos alunos e professores experiências mais ricas de aprendizagem. Ao tornar as TIC mais acessíveis, criam-se oportunidades sem precedentes para uma educação e ensino de qualidade.

2. Promover a Inovação Local: Existem vários exemplos de boas práticas e de ideias inovadoras no mundo, as quais, utilizando as vantagens da tecnologia, podem ser partilhadas de forma mais abrangente. O Acordo Microsoft e GPS Education Alliance visa incentivar ideias inovadoras, partilhá-las com as comunidades de Educação e Ensino globais e encorajar os indivíduos e as comunidades a tirarem vantagem das oportunidades expandidas.

3. Proporcionar Empregos e Oportunidades: Uma forte infra-estrutura de tecnologia torna as comunidades mais apelativas para os negócios e investidores locais, regionais e globais, o que por sua vez permite o aumento do crescimento económico e da competitividade global, bem como o estímulo aos empregos e ao crescimento pessoal. Por sua vez, é vital que os alunos e professores tenham as competências tecnológicas necessárias para crescerem neste ambiente. Através de iniciativas de acesso a tecnologia e programas de desenvolvimento de capacidades, a Microsoft pretende apoiar os desafios da empregabilidade com impacto positivo no crescimento e no desenvolvimento da economia através da utilização efectiva da tecnologia.

O Encontro conta com a presença do Secretário Regional de Educação e Cultura, Francisco José Vieira Fernandes e do Director de Sector Público, Paulo Fernandes.


 

Partilhe este artigo!

 


Artigos Relacionados: