ECoS official logo s

A programação é uma das literacias essenciais.

Na sociedade atual, com diversos requisitos tecnológicos e em constante desenvolvimento, os conhecimentos sobre programação são fundamentais, dado ao número crescente de empregos na área (onde já se constata a falta de profissionais), como também, pela necessidade de entender como os computadores e os dispositivos tecnológicos de última geração funcionam, o que dá uma clara vantagem àqueles que as possuem. É por essa razão que a programação é uma das áreas onde os promotores do ensino das STEM (sigla em inglês usada para designar as disciplinas de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática) se concentram. No entanto, não se pode ignorar os restantes currículos, pois as línguas, a história e a cultura são áreas extremamente fundamentais para os nossos alunos.

Baseado nesta reflexão, surge o projeto ECoS – Early Coding in Schools, onde se pretende criar uma ferramenta de aprendizagem baseada em jogos que ensinem a programar, aliado ao conhecimento da história e da cultura regional.

Este projeto, financiado pelo programa Erasmus+, será desenvolvido por um conjunto de instituições que abrange alunos de várias faixas etárias, em diversos contextos educativos e diferentes realidades sociais; com o apoio de uma empresa que desenvolve soluções tecnológicas e abordagens inovadoras em educação. Os parceiros são: Direção Regional de Educação da Madeira, Escola Básica do 1.º Ciclo de Cruz de Carvalho (Funchal, Portugal), Associação Cazalla-Intercultural (Lorca, Espanha), Escola Secundária de Pardubice (Pardubice, República Checa) e Ingenious Knowledge (Colónia, Alemanha).

O motivo pelo qual se leva a cabo este projeto a nível internacional deve-se ao problema comum em todos os países europeus: a falta de alfabetização em programação. Além disso, faz sentido para uma ferramenta que ensina programação, que será acessível para todos, ter em consideração os diferentes saberes, visões e experiências que já existem noutros países.

A Direção Regional de Educação, em concordância com o estipulado no "Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória", salienta a importância do desenvolvimento de práticas letivas e extracurriculares que desenvolvam competências para a formação de futuros profissionais competentes e de cidadãos participativos, com sentido crítico e capazes de inovar.  É por essa razão que a DRE integra, na sua estrutura, grupos de trabalho dedicados ao desenvolvimento de metodologias de ensino aliadas à aquisição destas novas competências (tanto para alunos, como também, para professores e demais comunidade educativa); é o caso do Gabinete de Modernização de Tecnologias Educativas, pertencente à Direção de Serviços de Investigação, Formação e Inovação Educacional, que possui uma equipa dedicada a este projeto.

Para acompanhar o desenvolvimento deste projeto, fique atento aos nossos canais de comunicação.

GMTE

O GMTE (Gabinete de Modernização das Tecnologias Educativas) desenvolve projetos educacionais na Ilha da Madeira. As suas principais ações nas escolas estão relacionadas com impressão 3D; realidade virtual e aumentada; robótica; produção de recursos educacionais digitais; desenvolvimento de jogos educativos multiplataforma; gestão e otimização de plataformas educacionais; media e integração das TIC nas salas de aula para estimular o processo de aprendizagem. GMTE pertence à Direção Regional de Educação da Madeira, Portugal.

Ingenious Knowledge

A Ingenious Knowledge é uma pequena empresa fundada em 2010, em Colónia. A empresa está fortemente envolvida em investigação educacional, em colaboração com universidades de todo o mundo. Desenvolve muitas ferramentas educativas e não só. Um dos seus pontos fortes é a criação de serious games da próxima geração, com o objetivo de criar jogos que sejam bons o suficiente para competir com jogos de entretenimento comercial. A Ingenious Knowledge tem competências e conhecimento para desenvolver soluções tecnológicas pioneiras e disseminar as melhores abordagens de educação, por todo o mundo.

Asociación Cazalla Intercultural

A Associação Intercultural Cazalla é uma ONG sem fins lucrativos que desde 1995 trabalha na área de juventude. A sua principal área de acção destina-se a promover a aprendizagem não formal para nível local e internacional e para fornecer informações aos jovens. Os cerca de 30 membros fazem parte, todos entre 14 e 30 anos, entre os quais cerca de 15 colaboram assiduamente em umvoluntário na realização de algumas de nossas atividades.
Cazalla Intercultural tem atualmente duas áreas básicas de ação, por um lado, funcionam do ponto de vista de uma organização internacional na preparação de seminários e cursos de formação para profissionais e jovens em vários temas de inclusão social, desenvolvimento de competências e participação ativa. Por outro lado, e de um ponto de vista mais direto na intervenção com os jovens, trabalham frente a frente ao público através de atenção especializada sobre questões de informação de jovens e desenvolvimento de actividades de educação não formal para jovens imigrantes e nativos.

EB1/PE Cruz de Carvalho

A EB1/PE Cruz de Carvalho é uma escola primária com pré-escolar e jardim de infância, localizada no coração do Funchal. Está localizada no lado oeste da cidade, no meio do bairro do Hospital. Funchal é uma cidade com mais de 500 anos de história. Fundada em 1510, a capital da ilha oferece um contexto muito charmoso e histórico, situada dentro de uma paisagem poderosa entre o mar e as majestosas montanhas.

Hoje em dia o Funchal tem 110.000 habitantes e tornou-se uma cidade com um caráter urbano e sofisticado. A sua beleza natural e o fácil acesso ao resto da ilha são as principais razões pelas quais a maioria dos hotéis é encontrada aqui… É o ponto de partida perfeito para explorar os segredos mais remotos e naturais da Ilha da Madeira.

A escola foi aberta em 1981 e no momento tem quase 250 alunos divididos em turmas com idades compreendidas entre 3-11. Temos 11 salas (3 pré-escolares e 2 para cada ano). No pré-escolar, temos 73 alunos e na escola primária 179. Destes, 30 têm necessidades especiais (dificuldades de aprendizagem e/ou incapacidades). Na escola existem 37 professores (curricular, artes, educação física, TIC, educação especial, estudo e música).

O sistema educacional na ilha da Madeira é um pouco diferente do continente de Portugal. A maioria das escolas públicas tem turmas divididas. Os alunos de primeiro e segundo ano (crianças de 6 a 8 anos de idade) têm aulas curriculares pela manhã e terceiro e quartos anos (alunos de 8 a 10 anos de idade) têm aulas curriculares no período da tarde. No horário oposto das aulas curriculares, eles têm atividades extra-curriculares. Uma vez por semana desenvolvemos um projeto extra-curricular que permite que os alunos escolham entre 4/5 atividades (podem ser algo como explorar a cidade, fazer comida saudável, fazer papel, etc ...) Os alunos não são organizados por anos em vez disso, eles são divididos pelo que querem fazer.

Stredni prumyslova skola chemicka Pardubice

A Escola Secundária de Química (SPSCH) é uma escola fundada em 1953. Oferece educação nos seguintes programas de estudo:
- Química aplicada com especializações em Química analítica, Produção químico-farmacêutica, Substâncias farmacêuticas e Análises de materiais químicos e biológicos.
- Proteção contra fogo
- Serviços cosméticos
- Segurança e Estudos Jurídicos.
Também oferece dois programas vocacionais: Cabeleireiro e Químico.

Atualmente, tem 1004 alunos. Existem 141 funcionários, sendo 105 deles professores.

A escola está situada na região com uma indústria química e eletrotécnica altamente desenvolvida.

Uma das suas prioridades é a cooperação com os parceiros sociais. Entre os mais importantes a Synthesia a.s., SYNPO a.s., Universidade de Pardubice, Serviço de Resgate de Incêndio da República Tcheca, Instituto de Proteção à População.

A escola é membro de várias redes / grupos nacionais e internacionais:
• O sistema europeu de crédito para ensino e formação profissional (ECVET)
• Associação europeia de rede temática de química (ECTN)
• Fórum europeu de educação e formação técnica e profissional (EfVET)
• Quadro nacional de qualificações (NQF)
• Faz parte do Acordo setorial em química

Desde 2012, a escola é membro da rede CREDCHEM e participa na implementação do sistema de crédito europeu em educação e formação profissional - ECVET para o setor de química. No âmbito do projecto TraWi (LdV Tranfer of Innovation), a escola colabora com escolas parceiras e os seus parceiros sociais na Alemanha e na Polónia sobre aprendizagem baseada em problemas e a sua implementação no ensino.

A escola é um centro de aprendizagem ao longo da vida e cria novos programas de estudo para adultos também. Tem o direito de usar o logotipo Responsible Care, que é um reconhecimento internacional pelo comportamento responsável em química.
A escola implementou o sistema de gestão da qualidade ISO 9001: 2008. O corpo docente é de alta qualidade, com muitas experiências de gestão e trabalho em projetos nacionais e internacionais. A escola tem excelentes condições para ensinar em aulas e laboratórios recém-reconstruídos.

sre dre gmte

Este website utiliza cookies para garantir que obtém a melhor experiência no nosso website.
Ok Recusar